Terror na vida real: menina de seis anos adotada tinha 22 anos e tentou matar seus pais

Na hora do banho a mãe adotiva percebeu que a criança já tinha pelo pubianos e também sinais de menstruações em suas roupas, até nada de tão estranho, mas o pior ainda estava por vir e foi quando a garota começou a fazer desenhos onde a família aparecia morta e a garota começou a colocar facas e objetos cortantes por toda casa além de colocar água sanitária no café de sua mãe.

Tudo ficou pior quando Natalie tentou empurrar a mãe adotiva contra uma cerca elétrica para a matar. A garota foi internada em uma clínica psiquiátrica e os médicos acreditam que ela tenha no mínimo 22 anos de idade.

Um médico que ficou sabendo da história alertou a família dizendo que Natalie já havia feito isso com outras famílias, o casal então decidiu buscar exílio no Canadá, mas a justiça norte-americana os acusou de abandono de menor e eles foram presos. Natalie foi adotada novamente por outra família por insistir que tinha 16 anos.

 

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.