Pai raspa o cabelo da filha que praticou bullying contra colega com câncer para lhe dar uma lição e divide opinião dos internautas

O pai tomou a decisão sozinho sem avisar a mãe da adolescente.

- publicidade -

O pai de um adolescente tomou uma atitude polêmica com a filha sem consultar a mãe e o caso está gerando a maior polêmica na web.

O homem contou em seu depoimento anônimo em um portal, que ele decidiu raspar o cabelo de sua filha adolescente de 16 anos como forma de punição por que sua filha estava praticando bullying contra uma colega na escola.

A menina que estava sendo intimidado por sua filha está em tratamento contra o câncer e o pai disse que sua filha chegou a tirar a peruca da outra menina de uma forma cruel e não demonstrou nenhum tipo de arrependimento por esse motivo, ele decidiu dar uma lição na menina raspando o cabelo para que ela ficasse careca como a colega a quem ela estava intimidando:

“Minha ex-mulher e eu temos uma filha de 16 anos. E eu tenho a guarda. Eu menciono isso porque o que eu fiz e que vou relatar por aqui, eu fiz sem consultar minha ex. Minha filha recentemente se envolveu em um problema na escola.

Ela fez bullying com uma aluna que havia perdido o cabelo por causa do tratamento contra o câncer. Minha filha chegou inclusive a retirar a peruca da outra garota. Aparentemente existe uma rixa entre as duas há um tempo porque minha filha está namorando o rapaz que a outra garota namorava.

E minha filha me falou que a garota disse para ela que o rapaz só estava com ela por sexo (o que foi um grande choque para mim porque eu nem sabia que minha filha já tinha uma vida sexual ativa).

Mas mesmo assim, eu acho que isto está longe de ser uma justificava para o comportamento da minha filha. Eu não criei minha filha para tratar pessoas da maneira como tratou e eu fiquei enojado com a atitude dela.

Para piorar, minha filha não demonstrou nenhum remorso do que fez e afirmou que a garota em questão mereceu. Novamente, eu não me importo com o que a outra menina disse, o comportamento da minha filha é inaceitável.

Então eu dei duas opções para minha filha como castigo:

Eu iria jogar todos os eletrônicos dela (inclusive o celular) e ela nunca mais teria outros de novo. Ou ela iria para um cabelereiro e teria a cabeça raspada.

Ela escolheu a segunda opção.  Mas todo mundo está achando que eu exagerei muito na punição. Minha ex-mulher está muito brava comigo e disse que isso fará com que nossa filha sofra muito bullying.

Então o que eu queria saber é: será que eu exagerei na punição? Eu acho que foi justo. Eu não suporto pais que deixam os filhos fazerem bullying e não fazem nada a respeito.

Além disso, eu perdi minha própria mãe para o câncer de mama, eu sei como esta doença é devastadora e minha filha sabe por tudo que a avó passou por causa do câncer”.

O relato do pai acabou dividindo opiniões, pois muitos pais falaram que não teriam coragem de fazer isso com seus filhos, mas, no entanto ele conhece a filha dele melhor do que qualquer pessoa.

Já outra mãe disse que ele estaria usando o abuso e a humilhação para tentar ensinar sua filha  uma lição, mas que aquela não era a maneira correta de se resolver uma situação como Aquela.

Outro Internauta chegou a comentar que o pai estaria praticando abuso contra a adolescente, o castigo certo seria tirar os eletrônicos ou fazer algo que viesse a mexer com as coisas que adolescente gosta, mas mexer com aparência dela era uma forma de humilhar a adolescente e ela não iria aprender uma boa lição com isso.

 

- publicidade -

Escrito por Luíza Queiroz

Apaixonada por culinária e redatora nas horas vagas. Amo escrever sobre todos os assuntos. Contato: [email protected]