Laudo do IML mostra que a menina Raíssa sofreu abuso e foi torturada antes de morrer

A menina sofreu abuso sexual antes de morrer e foi torturada.

- publicidade -

Um caso recente chocou o país quando a notícia de uma menina autista chamada Raíssa Eloá Caparelli Dadona de apenas 9 anos foi encontrada morta amarrada em uma árvore no parque Anhanguera que fica na zona norte.

O mais chocante de toda essa história absurda foi descobrir que um garoto de 12 anos foi o responsável pela morte de Raíssa. O laudo da Polícia Técnico-Científica de São Paulo mostrou que Raíssa foi vítima de abuso sexual e morreu por asfixia. O garoto de 12 anos que confessou o crime está apreendido na Fundação Casa.

O laudo que foi divulgado nesta quinta-feira (17) aponta várias lesões sofridas pela menina, Raíssa foi torturada e sofreu muito, o laudo apontou lesões que são compatíveis com mordidas, estrangulamento, enforcamento e o corpo arrastado.

A frieza do assassino é de assustar, pois o mesmo usou objetos perfurantes para causar ferimentos graves em Raíssa que foi espancada. De acordo com a médica Legista não há ferimentos compatíveis com reação de Raíssa.

As lesões que comprovaram o abuso sexual foram confirmadas e também a introdução de um objeto contundente na criança que foi sodomizada, os exames também comprovaram que não havia álcool ou drogas no organismo de Raíssa.

A criança foi encontrada amarrada pelo pescoço em uma árvore depois de sumir de uma festa onde participava de uma festa com outras crianças e sua mãe em um centro educacional infantil.

A Polícia Civil conseguiu descobrir que o garoto de 12 anos que foi visto pelas câmeras de segurança de uma rua passando de mãos dadas com a criança foi o autor do crime, o garoto confessou o crime e não demonstrou qualquer tipo de reação ou arrependimento. O garoto de 12 anos morava na mesma rua que Raíssa e era considerado acima de qualquer suspeita, chegou até ir na igreja que a mãe de Raíssa frequentava.

Se você gostou desse artigo compartilhe em suas redes sociais ou envie para um amigo para que outras pessoas também possam conhecer os nossos artigos e se beneficiar de informação de qualidade, sem rodeios e com muita clareza. Procuramos cada vez mais aprimorar a qualidade de nossos artigos para que você tenha uma ótima experiência de leitura e de informação.

 

- publicidade -

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.