Gilmar Mendes atende a pedido de Flávio Bolsonaro e suspende investigações relativas à Queiroz

De acordo com o senador, mesmo depois da determinação de Toffoli, as investigações prosseguiram

O pedido de suspensão das investigações sobre o senador Flavio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, foi concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal. Dessa maneira, as investigações em questão não terão prosseguimento.

O motivo para a interrupção foi uma reclamação apresentada pelo senador ao STF, ainda no início de setembro. Na reclamação em questão, Flavio Bolsonaro alegava que mesmo que o presidente do tribunal, Dias Toffoli, tivesse determinado a interrupção das investigações, elas tiveram prosseguimento.

Ainda se mostra válido apontar que a reclamação consiste em um tipo de ação referente à contestação do cumprimento de decisões tomadas pelo STF.

De acordo com a decisão tomada por Gilmar, o senador pediu ao Ministério Público e também a o Tribunal de Justiça para que os casos referentes ao cumprimento da decisão de Toffoli fossem suspensos. A situação deverá permanecer dessa maneira até que o julgamento definitivo, feito pelo Supremo, ocorra.

Ainda durante mês de julho, Dias Toffoli terminou que os processos e as investigações que contaram com o compartilhamento não autorizado de dados sigilosos contendo detalhes de órgãos de inteligência fossem suspensos.

Escrito por Reginaldo Ribeiro Teodoro

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.