Bolsonaro assina decreto de pensão vitalícia para crianças com microcefalia devido ao Zika

Pagamento será no valor de um salário mínimo. Primeira dama esteve presente no evento.

Nesta quarta-feira (4) o presidente da República Jair Bolsonaro assinou uma Medida Provisória (MP), onde é declarado uma pensão especial vitalícia que será garantia para as crianças que possuem microcefalia devido ao vírus Zika, que tiveram seu nascimento entre os anos 2015 e 2018. O valor que será oferecido é de um salário mínimo.

Atualmente 3.112 crianças que possuem microcefalia estão recebendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Porém, com este benefício é necessário que ele seja renovado a cada dois anos para que a criança continue sendo contemplada.

O benefício no momento também estaria sendo ofertado apenas à famílias que possuíssem ¼ de salário mínimo por integrante. Agora com esta MP assinada por Bolsonaro, o pagamento se torna permanente para as famílias e a renda necessária para poder receber o benefício passa a ser extinta.

Quem também esteve no evento foi a primeira dama Michelle Bolsonaro. O ato do presidente foi atribuído à primeira dama por Osmar Terra. Em sua declaração Terra ainda afirmou que com esta medida as famílias passarão a ter mais segurança e poderão ter uma melhoria em sua qualidade de vida, devido as vítimas afetadas pelo Zika.

O ministro fez questão de ressaltar que a decisão tomada pelo presidente aconteceu por causa de sua esposa, e que tudo em que ela toca o presidente acaba a ouvindo a respeito.

Escrito por Reginaldo Ribeiro Teodoro

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.