Aposentada fala sobre melhora de depressão após jogar Pokemon Go: “voltei a sorrir”

Devido a doença da mãe, o rapaz de 24 anos precisou atrasar a sua formatura. Isso acabou fazendo com que a mãe se sentisse muito culpada, e o que fez com que as crises de depressão dela acabassem se agravando mais.

Ela conta que em um dia que estava voltando com seu filho do shopping, ela começou a chorar e para poder animar a mãe o filho resolveu instalar o “Pokémon Go” em seu celular, e logo quando os “bichinhos” começaram a aparecer na tela ela conta que gostou e acabou viciando no jogo.

Após isso tudo, Francisnete agora não se medica mais durante os dias, ela só toma remédio à noite ás vezes quando é necessário. Ela ainda segue o seu tratamento com uma especialista, mas garante que o jogo fez com que ela melhorasse muito de sua doença e bem estar, fazendo com que ela saísse mais de casa.

A filha mais velha da aposentada, Sweney de Lira Cardoso, de 29 anos, conta que a mãe não demonstrava mais felicidade devido a doença, e que as vezes não tinha vontade nem mesmo de tomar banho, e que isso era algo estranho para os filhos verem acontecendo com a mãe que sempre foi tão feliz.

A psiquiatra Raquel Pereira conta que a melhora de Francisnete aconteceu pois ela deixou de focar em coisas como apenas a vida acadêmica de seu filho, e também ampliou o seu campo de interesse na vida, fazendo com que ela se distraísse, e deu espaço para novas atividades.

 

Via: g1.globo.com

Escrito por Reginaldo Ribeiro Teodoro

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.